Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

5 dicas de como arrumar emprego nos EUA

Segundo a Hayman-Woodward PLLC, escritório de advocacia de imigração, os Estados Unidos é o país que mais absorve a mão de obra brasileira. Com mais de um milhão de imigrantes brasileiros, há diversas vagas e empresas que investem nesse público.

Se morar e trabalhar no exterior é seu sonho, veja algumas dicas de como arrumar emprego nos EUA. Confira!

1. Saiba inglês fluentemente

Por mais que seja uma dica óbvia, é relevante lembrar. Quão melhor estiver seu inglês, mais fácil será sua comunicação com empresas e, logo, maior as chances de conseguir um emprego.

Mesmo com um bom currículo e habilidades excelentes, a falta do inglês fluente fecha as portas para as melhores oportunidades. Por isso, procure praticar online, fazer cursos de conversação e até assistir filmes com legenda em inglês (ou sem legenda).

2. Crie um currículo americano

Antes de procurar vagas, não há como arrumar emprego nos EUA sem um currículo adaptado ao padrão americano. Diferente dos padrões brasileiros, é altamente recomendado que você inclua uma cover letter, ou carta de motivação.

Nada de usar apenas um modelo para todas as vagas: essa carta precisa ser feita diferentemente para cada empresa. Nela, diga suas motivações para trabalhar na empresa e explique como suas experiências lhe qualificam para ela.

É essencial também incluir cartas de recomendação. Peça a professores, chefes, gerentes e outras pessoas importantes na sua vida profissional para escrevê-las. É importante que essas cartas sejam produzidas em papel timbrado e em inglês.

Coloque suas informações pessoais (nome, endereço, telefone fixo e celular, email), a vaga pretendida, formação acadêmica e suas experiências anteriores. Adicione também os idiomas que você domina e outros cursos e conhecimentos que agreguem valor ao seu currículo.

3. Busque vagas online

Assim como a busca por emprego online é valiosa no Brasil, o mesmo é verdadeiro para os Estados Unidos.

Além de procurar emprego nos sites das empresas, busque também em agregadores de vagas. Algumas dicas são os sites Simply Hired, US.Jobs e o LinkedIn.

4. Considere a possibilidade de ir para estudar

Conseguir um visto de estudante é muito mais fácil do que conseguir um trabalhista. Por isso, muitos brasileiros vão aos EUA no status de estudante, criam uma rede de contatos e buscam empresas que gostariam de trabalhar.

Fazendo isso, as empresas se sentem mais seguras ao contratar o estrangeiro e arcar com os custos do visto trabalhista. Vale a pena tentar!

5. Especialize-se

As melhores vagas para estrangeiros são oferecidas para quem é especialista em uma área de conhecimento. Além de graduação, pós-graduação e MBA, vale a pena investir em cursos livres dentro da sua atuação.

A Eficaz USA possui mais de 40 cursos para diversas áreas. Todos foram criados para satisfazer as necessidades dos brasileiros residentes nos EUA a procura de emprego. Clique aqui e conheça os cursos!

Esse conteúdo foi útil?
4.54 avg. rating (90% score) - 13 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *